acomodação no intercâmbio hostel

Acomodação no intercâmbio: conheça os 5 tipos de moradia

A escolha da acomodação no intercâmbio deixa muita gente de cabelo em pé. Natural que seja assim, pois, se conseguir moradia confortável já é difícil até em nosso próprio país, imagina lá fora.

Sem conhecer nada nem ninguém, quem vai para o estrangeiro pode sofrer para conseguir moradia, comumente chamada de “acomodação” no mercado de intercâmbio.

Essa hospedagem ou acomodação é uma das principais providências a se tomar ainda na fase de preparação do intercâmbio. Muitas vezes torna-se um problema complexo, já que muitos intercambistas demoram para encontrar um lugar que esteja de acordo com suas necessidades e perfis.

Na maioria dos casos, a não adaptação ocorre porque o estudante deixou de se informar adequadamente. Portanto, não caia nessa. Descubra agora tudo sobre acomodação no intercâmbio e quais são os tipos mais comuns. Vamos a eles!

 

1. Homestay (Host Family ou casa de família)

acomodação no intercâmbio casa de família

Trata-se da famosa casa de família, onde você poderá conviver diariamente com moradores nativos do país. A experiência costuma ser bem marcante e tem seu lado bom e o ruim. Mas o importante mesmo é estar preparado e por dentro de tudo que rola nesse tipo de acomodação.

Muitos estudantes estranham logo de cara, simplesmente porque acham que podem chegar e fazer o que quiserem, sem dar a mínima pra ninguém. Mas calma aí! Não é bem assim que acontece.

Em muitos casos existem regras da casa já propostas pela família. Você precisará aceitar e seguir essas regras.

Por isso antes de contratar uma Homestay ou Host Family é bom conversar, perguntar e tirar todas as dúvidas. Isso é essencial, pois, se você é um daqueles que curtem liberdade total, talvez este tipo de acomodação não seja para você.

Algumas famílias fazem questão de que o intercambista siga seus horários. Por exemplo: horário de refeições, hora de chegar à noite, hora de pular da cama porque o dia começou faz tempo… e por aí vai. Veja só as vantagens e desvantagens deste tipo de acomodação.

 

Vantagens da homestay:

  • Imersão na cultura;
  • Bom para desenvolver o idioma, pois você pode praticar a língua nativa o tempo todo;
  • Você não se sente tão perdido e sozinho, pois sua Host Family te orienta sobre tudo. Como, por exemplo: onde deve ir, por onde é melhor passar, como usar transportes públicos, etc. Eles te mostram como é a vida no dia a dia de um morador local, te poupando de um bocado de perrengues;
  • Outra vantagem é que com eles você poderá conhecer os pontos mais interessantes e belos do lugar e das vizinhanças. Essas famílias são os seus guias turísticos e te levam a conhecer o melhor do país;
  • Além disso você não pode deixar de considerar os benefícios de ter alimentação já inclusa (naquelas famílias que oferecem a opção). Isso te poupa de ter que cozinhar e se aventurar nas compras, sem saber falar direito a língua e sem conhecer os costumes locais.

 

Desvantagens da homestay:

  • Na maioria dos casos é o tipo mais caro entre as acomodações de intercâmbio;
  • Geralmente as casas de família ficam mais afastadas do centro da cidade e, consequentemente, da sua escola e do trabalho;
  • Você não tem liberdade total. Como já citado acima, provavelmente terá que seguir as regras da família sobre horários e atividades.

 

Informe-se bem e combine tudo direitinho

Uma recomendação legal é informar sua família nativa sobre você. Conte, por exemplo, se você sofre de algum tipo de alergia, se convive bem com animais de estimação, quanto tempo pretende ficar com eles, etc.

Também é importante que você busque a boa convivência. Nesse caso vale a boa vontade, a simpatia e um pouco de paciência e compreensão. Procure agradar e cumprir suas tarefas de casa, sendo educado, mantendo a limpeza, sabendo ouvir e mostrando respeito.

Busque informações sobre a família e permita que eles te conheçam melhor. Assim, tudo dará muito mais certo.

 

2. Share house (República)

acomodação no intercâmbio casa compartilhada

É a casa/apartamento onde você mora com outras pessoas, sejam elas estudantes ou não, estrangeiros ou locais. Você pode tanto ter seu próprio quarto quanto dividir um quarto com uma ou mais pessoas.

 

Vantagens da Share House:

  • Costuma ter o melhor preço entre as acomodações de longo prazo;
  • Trata-se de ótima oportunidade para fazer… quem sabe… um milhão de amigos!;
  • Você convive com uma rica diversidade cultural. Em uma república haverá intercambistas de várias partes do mundo. Você vai poder aprender os costumes e idiomas dos seus novos “roommates”. Já pensou que massa?!  Aprender pelo menos o básico de italiano, espanhol, coreano, francês ou outros, além do inglês?

 

Desvantagens da Share House:

  • Um dos problemas é que você terá que conviver bem de perto com  gente que tem hábitos diferentes dos seus. Não dá pra prever. Você pode ter sorte de ficar com outros estudantes bem legais, que te respeitam, que têm bons costumes, que são limpos ou ter de se adaptar caso não dê tanta sorte assim.
  • Dificilmente será sua primeira acomodação, pois não dá para fechar negócio no escuro. É recomendável que você visite o local pessoalmente antes de pagar o “bond” – que funciona como a chamada caução no Brasil, ou seja, um depósito para assegurar sua vaga. Depois que você paga, caso não se adapte ao share house, é bastante difícil ter o dinheiro de volta.

 

3. Student House

acomodação no intercâmbio república

Essas são acomodações que pertencem à agências de intercâmbio, escolas ou empresas especializadas em casas estudantis. Podem ter quartos individuais ou compartilhados. Já o banheiro e cozinha quase sempre são coletivos.

 

Vantagens da Student House:

  • Maior facilidade de fechar ainda no Brasil, podendo ser a sua primeira acomodação no intercâmbio;
  • Oportunidade de conhecer outros intercambistas que também estão chegando no país e têm as mesmas expectativas e dúvidas que você.

 

Desvantagens da Student House: 

  • Em muitos casos, as casas de estudantes são mais caras do que as Share Houses tradicionais.
  • Quando a Student House pertence à agência, você acabará convivendo com muitos brasileiros, o que pode atrasar seu aprendizado do idioma e imersão na cultura.

 

4. Hostel

acomodação no intercâmbio albergue

Também conhecidos como albergues, os hostels são uma espécie de hotel em que você divide o quarto com outras pessoas. O preço pode variar dependendo do número de pessoas que ficarão em um mesmo quarto.

 

Vantagens do hostel:

  • Você pode fazer amigos de todos os lugares do mundo;
  • É ótimo para passar os primeiros dias ou semanas em um novo país, pois não há tanto compromisso com datas de reserva (você pode estender sua estadia aos poucos);
  • Ficam próximos ao centro da cidade;
  • Não é obrigatório cumprir contrato;
  • Há benefícios na maioria, como café da manhã, bom wi-fi e atividades propostas pelo próprio hostel (como festas e passeios guiados pela cidade).

 

Desvantagens do hostel:

  • Falta de privacidade, já que você divide o quarto com várias pessoas;
  • No longo prazo nem sempre é mais barato que Share House.

 

5. Airbnb

acomodação no intercâmbio airbnb

É o mais famoso site de aluguel por temporada, usado por milhões de viajantes no mundo todo. Você aluga um quarto, casa ou apartamento direto com o proprietário, pelo período que desejar, sem necessidade de contrato formal.

 

Vantagens do AirBnb:

  • Muitas vezes é mais barato que hotel ou até mesmo hostel (caso você esteja em mais de uma pessoa);
  • É bom para famílias e casais que não queiram dividir casa com várias pessoas.
  • Você tem a oportunidade de ler comentários de quem já alugou. Isso evita que se entre em uma furada.

 

Desvantagens do AirBnb:

  • No longo prazo o preço dificilmente será tão em conta quanto uma Share House;
  • Dependendo do caso, você interage menos com outras pessoas e pratica menos o idioma.

 

Dica extra sobre AirBnb

Cadastrar-se no Airbnb é fácil e rápido. Ao usar este link, além de você ganhar um desconto de €30 na sua primeira estadia usando a plataforma, nós também ganhamos um abatimento no preço. 🙂

 

anotou as dias sobre acomodação no intercâmbio?

Como você pode constatar, a melhor maneira de escolher uma boa acomodação no intercâmbio é informando-se bem. Estar por dentro de cada detalhe e saber como as coisas funcionam é essencial para não ter problemas.

Também é importante não perder tempo com notícias duvidosas. Aqui no Nós na Gringa temos muita informação relevante pra você.

Para conhecer muito mais e ficar por dentro de tudo rapidamente, deixe seu e-mail aqui abaixo. Assim você receberá as novidades sempre em primeiríssima mão!