vista great ocean road

Great Ocean Road: roteiro e segredos da estrada mais fascinante da Austrália

Se a Austrália é um dos destinos de intercâmbio preferidos dos brasileiros, a Great Ocean Road é roteiro indispensável para quem pisa em solo ozzy. 

Apesar da estrada ser bastante famosa, é difícil encontrar dicas e orientações de qualidade. Sem informação, você corre o risco de acabar numa decepcionante excursão de um dia.

Caso você esteja planejando um intercâmbio para a terra dos cangurus – ou já esteja na Austrália -, anote essas dicas e garanta uma road trip daquelas de contar para os netos.

O caminho inclui view points, cachoeiras, praias, cidadezinhas. E o melhor é que nós já desvendamos todos os segredos para você.

coala Great Ocean Road Austrália

 

ONDE COMEÇAR na Great Ocean Road?

Melbourne é o ponto de partida perfeito. De lá, você pega a estrada para o sul. Depois é só voltar até Melbourne novamente.

 

COMO IR?

O ideal, perfeito mesmo, é alugar um carro. Porque você ganha liberdade para fazer o que quiser, na hora que quiser. E ainda pode explorar lugares em que os passeios guiados não chegam.

Se você não dirige e não tem um motora parceiro, pesquise os diferentes passeios em grupos. Há dezenas deles e você consegue contatos em qualquer hostel ou hotel de Melbourne.

Mas vou insistir: se puder, vá de carro.

 

PASSO A PASSO DA TRIP: VAMOS AO QUE INTERESSA

– TORQUAY –

praia Torquay Great Ocean Road

A uma hora e meia de Melbourne, Torquay é a primeira cidade localizada ao longo da estrada. A praia é padrão Austrália, linda, e a cidadezinha é pequena e acolhedora.

Vale a pena conferir, ja que é o ponto de partida da Great Ocean Road. Ah, o local tem um centrinho com supermercado e algumas lojas. Aproveite para comprar algum suprimento que você ainda não tenha.

 

– Bells Beach –

Bells Beach Great Ocean Road

Ainda dentro dos limites de Torquay está localizada a Bells Beach, praia famosa pelas ondas enormes. Inclusive, o brasileiro Mineirinho foi recentemente vice-campeão em Bells no torneio Rip Curl Pro.

O tamanho das ondas vai variar de acordo com o clima e época do ano, mas sempre vale a pena dar uma olhada. Mesmo que você não surfe.

 

– ANGLESEA E POINT ROADKNIGHT –

Tá vendo essa vista incrível na foto abaixo? Esta é Anglesea, e este viewpoint fica na beira da estrada mesmo.

vista Anglesea Great Ocean Road

Ah, sabe aquela pontinha de terra lá no fundo? Esta é um pouco menos óbvia e se chama Point Roadknight. Depois de uma trilha na areia, é possível chegar a mais essa praia linda e inabitada. A cerca serve para proteger os ninhos de pássaros que estão nas dunas.

Roadknight beach Great Ocean Road

 

– AIREYS INLET –

Viajar também dá fome – e muita! Em Aireys Inlet estão os restaurantes mais simpáticos da Great Ocean Road, com decorações dos anos 50 e 60.

restaurante Aireys Inlet Great Ocean Road

O clima é tão retrô que até o posto de combustível é antigão. Ah, e a vibe do pessoal que trabalha por lá é incrível. Totalmente relax.

posto combustível Aireys Inlet Austrália

 

– LORNE –

NÃO PASSE RETO! Quando entrar na charmosa cidadezinha de Lorne, use o google maps/GPS/whatever para chegar ao Teddy’s Lookout. A vista de lá é exatamente essa da foto abaixo.

Teddy's Lookout Great Ocean Road

Ainda próximo ao Teddy’s Lookout, no topo de Lorne, é possível ver cangurus andando livremente, além de muitos pássaros de diferentes espécies.

canguru Lorne Great Ocean Road

Além desse visual, Lorne é provavelmente a cidade mais legal ao longo da Great Ocean Road. Assim como todas as outras cidades e vilarejos do trajeto, ela é pequena, aconchegante e acolhedora.

A rua principal fica exatamente de frente para a praia, com restaurantes e barzinhos. Pro lado oposto, há colinas com belas casas, hotéis e pousadas, além de vistas incríveis.

 

Onde dormir na Great Ocean Road?

Que tal passar a noite em um hostel nas cabanas, no topo de uma pequena colina? O Great Ocean Road backpackers é absolutamente lindo, cheio de plantas e cacatuas (cockatoos, em inglês). E o preço é totalmente ok, com um quarto duplo saindo por 80 dólares.

cabanas dormir Lorne Gret Ocean Road

 

– OTWAYS WATERFALL –

Saindo de Lorne, seguindo na estrada por pouco tempo, uma placa indica uma cachoeira próxima. A entrada da trilha tem uma placa com informações de como chegar até lá. São apenas 10 ou 15 minutos de caminhada no meio da mata.

cachoeira Otways Waterfall Great Ocean

A beleza da cachoeira vai depender do volume de água da época que você for. Se tiver chovido nos dias anteriores, melhor (na foto acima, o período era bem seco).

 

– APOLLO BAY –

Uma das cidades onde você pode passar a noite, com opções de hotéis e backpackers. Enquanto estiver lá, caminhe pelo bonito píer da região.

Apollo Bay Great Ocean Road

DICA SECRETA: perto do centrinho tem um campo de golfe cheio de coelhos. Aí embaixo você pode ver uma tentativa meio frustrada de fotografá-los. Infelizmente, os bichos se assustam fácil e disparam correndo para dentro da vegetação. Ainda assim, se você gosta de animais, vale a pena dar uma olhada.

coelhos campo golf Apollo Bay

 

– PORT CAMPBELL –

Port Campbell é a única região da Great Ocean Road com jeito de ponto turístico, com um número razoável de pessoas visitando as atrações – as outras partes, ao contrário, são mais vazias. O local mais disputado são os famosos Doze Apóstolos, um verdadeiro must-see da Austrália.

 

– Twelve Apostles (Doze Apóstolos) –

Os Doze Apóstolos são formações rochosas no meio do oceano, na beira de diversas praias ao longo da região de Port Campbell.

Seu formato peculiar se deve à erosão, que desgastou os paredões de pedras ao longo da costa. Formaram-se entradas e arcos que foram quebrando com o tempo, até que só restassem essas enormes rochas (para entender melhor, observe a foto da placa que explica a London Bridge, mais abaixo no post).

12 Apóstolos Great Ocean Road

Uma curiosidade é que essa mesma erosão fez com que hoje só restem 8 das 12 rochas. Entretanto, o nome continua, provavelmente mais por causa do seu apelo turístico do que qualquer outra coisa.

detalhe Doze Apóstolos Great Ocean

 

– Loch Ard Gorge –

Simplesmente uma das praias mais lindas que você pode ver na vida. Pequena, paradisíaca, cercada por paredões de rocha. Como descrever isso com palavras?

Loch Ard Gorge Great Ocean Road

Chegar até lá é fácil. Siga na estrada após os Doze Apóstolos, prestando atenção nas placas. A distância é de apenas 3,5 km.

 

– London Brigde –

A London Bridge é outra formação natural que, antes de desmoronar, lembrava uma ponte. A placa da segunda foto está posicionada de frente para o que restou das rochas, explicando em detalhes.

London Bridge Great Ocean Road

placa explicação London Bridge Austrália

O mais inacreditável é que quando a ponte caiu, havia dois turistas por lá, dois primos que passeavam juntos pela Great Ocean Road.

Por muita sorte, eles estavam sobre a segunda base da ponte, na parte que fica dentro do mar. Acabaram ficando ilhados, mas sobreviveram. Três horas mais tarde um helicóptero chegou para resgatá-los.

 

– PRAIA NO CENTRO DE PORT CAMPBELL –

A cidade de Port Campbell fica na direção contrária ao litoral. Porém, a formação irregular da costa dá origem a uma baía no centrinho da cidade, que forma uma praia de águas tranquilas e bem azuladas. Esse é mais um daqueles lugares que passa batido para a maioria dos visitantes.

praia linda Port Campbell Austrália

 

– VOLTA A MELBOURNE –

Depois de conferir tudo isso, você pode fazer o caminho de volta prestando atenção a novos lugares, praias, trilhas. Se quiser curtir a trip num ritmo mais lento, uma boa alternativa é dividir as paradas entre a ida e a volta. Seja como for, não deixe de fazer essa viagem inesquecível. E guarde tudo na memória para contar depois.

Gostou deste post? Dá uma olhada no nosso vídeo que fala sobre intercâmbio na Austrália.

 

Todas as fotos © Nós na Gringa