intercâmbio no Canadá paisagem

Intercâmbio no Canadá: entenda como funciona

Você tomou a decisão de fazer aquela viagem para o exterior que sempre sonhou? Parabéns, essa é uma grande vitória! Afinal, a gente sabe que é preciso coragem e determinação.

A sua decisão é fazer um intercâmbio no Canadá? Melhor ainda: aqui nós contamos tudo que você queria saber para estudar e trabalhar em terras canadenses! Confira agora.

 

Um Intercâmbio inesquecível no Canadá começa com informações de qualidade

Obter informações é o melhor jeito de não passar perrengues durante o seu intercâmbio no Canadá, concorda? Por isso, vamos esclarecer os principais pontos que você precisa para iniciar sua experiência nesse país. Vamos lá?

Opções para quem quer fazer intercâmbio no Canadá

As opções para intercâmbio são várias. O Canadá é um país que está entre os mais buscados pelos brasileiros. Um dos motivos são as muitas possibilidades oferecidas. Você poderá escolher entre:

  • Aprender inglês ou francês;
  • Atuar como Au Pair (babá);
  • Cursar: Graduação, Master Degree (que aqui para nós seria um Mestrado) ou PhD (Doctor of Philosophy ou Doutorado);
  • Realizar cursos profissionalizantes – que dão o direito a trabalhar.

bandeira Canadá

 

Requisitos e Exigências para começar seu Intercâmbio no Canadá

A primeira providência é adquirir um passaporte válido. Em seguida, é hora de obter seu visto de estudante. Sua autorização de estudo pode ser solicitada por vários meios. Pode ser através do escritório canadense de vistos, em centro de solicitação de visto ou online.

Para obtê-la, é preciso que você seja elegível aos olhos das autoridades canadenses. Para estar enquadrado nesta categoria é necessário:

  • Ter sido aceito em uma instituição de ensino designada;
  • Provar que possui condições financeiras suficientes para manter-se lá;
  • Pode ser solicitado demonstrar que não possui antecedentes criminais;
  • Pode ser preciso mostrar que está com boa saúde, se for permanecer mais de 6 meses no país. Em casos assim, um parecer médico de profissional autorizado pelo consulado do Canadá é exigido;
  • Preenchimento e assinatura de formulários.

Ainda assim, a coisa melhorou de uns tempos pra cá. Algumas modificações para aquisição de vistos por brasileiros foram feitas pelo governo canadense. Desde maio de 2017 a isenção do visto é possível em alguns casos especiais, como:

  • Se você já possuiu um visto canadense emitido na última década;
  • Se conta com visto americano, devidamente válido;
  • Também há a isenção, em casos de permanência de curta duração, no caso até 6 meses.

Se você pretende passar pouco tempo por lá, aplicando para um curso de até 1 semestre, poderá fazê-lo apenas com o visto de turista, cujo tempo de permanência geralmente tem esse mesmo período de duração.

Nesse caso, brasileiros não precisarão ter o visto no passaporte e poderão contar apenas com a ETA (autorização eletrônica de viagem). Porém a condição é válida apenas para viagens aéreas. Se sua entrada for pela fronteira, através de meio terrestre ou marítimo, um visto será solicitado.

 

Estudar inglês ou Francês?

O Canadá é uma terra bilíngue. Trata-se de um povo que foi colonizado por ingleses e franceses. Sendo assim, oferece a oportunidade de aprendizado nas duas línguas. Mas é bom saber que a escolha do idioma de sua preferência vai influenciar na sua cidade de moradia.

Se você prefere o francês, é legal ir para Quebec ou Montreal. São os locais onde o francês predomina.

Já se a ideia é ficar afinado no inglês, sua opção deve incluir as outras províncias, especialmente Vancouver ou Toronto. Nesse caso, aproveite e veja a nossa lista com 10 dicionários de inglês online e gratuitos.

Importante: se sua decisão for por Quebec, talvez haja necessidade de obter aprovação da cidade antes do visto ser emitido. Trata-se de um documento denominado CAQ – Certificado de Aceitação de Quebec.

 

Intercâmbio no Canadá: Trabalho e estudo

O Canadá possui uma organização um tanto diferente e NÃO se enquadra nos 3 países para estudar inglês e trabalhar ao mesmo tempo. Por lá, apesar de contar com as mais renomadas escolas de idiomas, você não tem direito de trabalhar enquanto estuda inglês ou francês.

As escolas trabalham com programas diversos, incluindo programa de férias, cursos de curta e longa duração, cursos regulares, intensivos e não intensivos.

É comum que, antes do começo do período letivo, ocorra um teste para conhecer o nível de inglês do intercambista. Isso, porém, está longe de ser uma coisa ruim. Pelo contrário: é um fato que assegura a qualidade do aprendizado, pois o estudo fica melhor direcionado.

intercâmbio no Canadá estudantes

 

Curso profissionalizante para poder trabalhar

Calma, ainda é possível ganhar uma graninha extra fazendo um intercâmbio no Canadá! A questão é que pra isso você precisará ir além do aprendizado de inglês ou francês. Como comentamos, no Canadá o trabalho não é permitido para quem faz somente curso de idiomas.

Para garantir seu direito ao trabalho você tem que estar matriculado em um curso profissionalizante. Mas veja pelo lado bom: no final quem ganha é você. Já pensou trazer como bagagem cultural a força de um curso técnico profissionalizante feito no Canadá?

Seu currículo vai “inchar”! Não e à toa que esses cursos são bem procurados, especialmente por estudantes estrangeiros de intercâmbio.

 

O que fazer para trabalhar

Para trabalhar você tem que estar inscrito em uma instituição de ensino post secondary (pós-secundária), que pode ser um College ou uma Universidade Canadense. O curso não pode ter período menor que 6 meses.

Dentro desta categoria estão os cursos profissionalizantes, os vocacionais e os de nível superior. Mas fique esperto, pois só valem as instituições de ensino designadas. São as que possuem DLI Number – Designated Learning Institution. As escolas assim classificadas estão devidamente credenciadas para esta prestação de serviço.

Essas instituições são constantemente avaliadas por órgãos reguladores. O objetivo é assegurar um ensino de qualidade. Mesmo os estudantes canadenses costumam procurar esses cursos, pois além da excelência educacional, são cursos que direcionam e qualificam para o mercado de trabalho.

Opções de trabalho + Programas de estudo

Para quem quer estudar e trabalhar no Canadá, são muitas as opções disponíveis. Para que você esteja preparado para a escolha, fique sabendo que alguns programas de estudos contém uma parte prática, além da acadêmica.

Há programas chamados de Co-op, que contam com um período de estágio. Com a permissão de trabalho você fica apto a trabalhar 20 horas por semana. O programa Co-op possibilita combinar estudo + trabalho (estágio).

Mesmo que você não consiga um estágio remunerado, esse tipo de experiência pode valer a pena. Nem sempre o dinheiro vem em primeiro lugar, já que a experiência adquirida pode definir seu futuro e te habilita para bons cargos na área escolhida.

Viu só quantas vantagens existem em fazer intercâmbio no Canadá? Mas ainda tem mais. Continue lendo pra entender!

 

Intercâmbio no Canadá: conheça outras vantagens

  • O Canadá é aberto a imigrantes, tanto em termos de leis como culturalmente;
  • Assegura educação de excelência;
  • Tem alta qualidade de vida;
  • O custo é mais convidativo. O dólar canadense está frequentemente mais barato que o americano (atualmente, em média de 30%);
  • O país oferece boas possibilidades de carreira para quem quiser ficar a longo prazo;
  • É possível trabalhar enquanto você estuda, gerando renda para permanecer no país;
  • Com já falamos, você poderá estudar dois idiomas e se aperfeiçoar neles;
  • Além de tudo, é uma terra “linda de viver”. Mais abaixo te contamos um montão de coisas sobre as belezas naturais e encantos do lugar. 😉

Mas também tem desvantagens, né?

 

Desvantagens de partir para o Canadá

Nem tudo é perfeito, gente.

  • No Canadá o intercâmbio é um pouco mais caro do que em países como Austrália, Irlanda e Nova Zelândia.
  • Os friorentos, que amam o calorzinho tropical brasileiro, podem estranhar. Em alguns locais do país, especialmente ao norte, a temperatura chega a – 30C° (isso mesmo, trinta graus negativos). É muuuiiito frio !
  • Sabe quem mais vai reclamar? Os fãs do feriadão. Lá não tem esse negócio de esticada, não! Os feriados são poucos. A galera trabalha pra valer. Mas, não se preocupe, dá pra ser feliz!

paisagens durante seu intercâmbio no Canadá

 

Um pouco sobre o país

Sair do Brasil para viver em um novo lugar é sempre uma aventura. Por isto, nada melhor do que se informar sobre os mais variados aspectos do seu destino.

O Clima

O clima do Canadá é bastante intenso. Tanto é que as estações são bem definidas por lá. Ou seja, no verão faz calor de verdade e no inverno faz muito, muito frio. As outras estações são moderadas.

 

Quando o inverno chegar…

Quem tem problemas com o frio deve ir prevenido. Leve casacos quentinhos, mas leve também muita disposição e coragem pra aventurar-se nas geladas pistas de esqui. Praticando esse esporte fica mais fácil passar pelo período frio.

O inverno canadense é rigoroso! Quer ver água quente virar fumaça de gelo no ar? É lá mesmo que isso acontece. Geralmente, mais ao norte, a temperatura pode atingir 30°C negativos e faz gelar água em ebulição. Não é brinquedo não, mano!

Mas pra quem curte aventura e tem sede de novos conhecimentos, tudo se resolve. Até o frio terrível pode se tornar um prazeroso aprendizado. Você poderá se encantar e se divertir com as mais surpreendentes paisagens que a neve pode criar.

 

Previna-se e passe um inverno tranquilo

Aqui vão algumas informações úteis para passar bem pelo inverno canadense:

  • Antes de sair de casa, consulte a previsão do tempo para não ser surpreendido por uma nevasca;
  • Você não é nenhum “Iceman”, portanto, preocupe-se em estar bem agasalhado. Casacos, cachecóis, luvas, botas, etc.;
  • Alimentação nutritiva é essencial;
  • Hidrate-se. Beba água sempre e cuide da pele com hidratantes faciais e para os lábios.

 

O frio canadense também reserva boas diversões. Você pode praticar atividades inesquecíveis, como:

  • Esquiar ou experimentar as estranhas raquetes de neve;
  • E que tal deslizar levemente pelo gelo, no ringue de patinação Rideau Canal, o maior do mundo?

 

As atrações não param:

  • Divirta-se no Quebec Winter Carnival (Carnaval de Inverno de Quebec);
  • Aproveite para curtir os festivais de luzes que acontecem no inverno, em várias cidades canadenses;
  • Não deixe de conhecer o impressionante Hotel de Gelo em Quebec.
  • E quem sabe você tira a limpo aquela velha história do Pé-grande (Bigfoot)? É aquele mesmo! O primo do abominável homem das neves! Brincadeirinha! Hahaha.

Mas fique tranquilo: a baixa temperatura não deve desanimar ninguém. O pais é bem organizado nesse sentido. As principais cidades possuem infraestrutura eficiente para evitar que alguém tenha um colapso de frio.

Um bom exemplo são as casas com boa estrutura de aquecimento. Outra estrutura eficaz é a rede subterrânea por onde passa o metrô. Ela liga uma estação a outra, de forma que ninguém precisa caminhar pela neve. Dá para ir de um ponto ao outro, percorrer o comércio, ir a hospitais e escolas, tudo protegido das temperaturas baixas!

 

E Viva o sol do Canadá!

Quando chega o verão, entre junho e setembro, o sol mostra seu poder. Não é à toa que é chamado de astro rei. Quando “sua majestade” estende seus dourados raios pelas terras canadenses, vai esquentando tudo.

Nunca subestime o sol do Canadá. Brasileiro vai adorar! É incrível ver as paisagens de gelo se transformarem em lindos e aconchegantes locais de passeio. Tá se perguntando se tem praia? Tem sim. Mas não espere muito delas — saiba por quê a seguir.

As Praias canadenses

Pagode? Cervejinha gelada? Água morninha e gostosa? Esquece! As praias canadenses até que são bacanas, mas passam longe da euforia e beleza das praias do Brasil.

Mas claro que tem vantagem! Não tem chopp nem camarãozinho na brasa, mas em compensação você não tropeça em caquinha de cachorro. Ninguém passa correndo pra te sujar de areia. E você não vai ouvir grito de ambulantes: – Empadiiinha? Mate gelado? Picolééé?

É tudo organizado e limpo. – Caipirinha?? –Tem não, cara! Por lá não é permitido beber nas praias e ruas. Mas a vista é bela e dá pra passar horas muito agradáveis nas praias de lá.

passaporte canadense

 

Canadenses: um povo e sua cultura  

O povo canadense é gentil. São educados e sinceros. Naturalmente, os brasileiros sentem um pouco de diferença, pois não há acolhimento e expansividade como a nossa. Vivendo no Canadá vai ser fácil perceber o jeito de ser do pessoal.

Eles são bem receptivos e amigáveis, porém reservados. Isso quer dizer que nem sempre o início da amizade vai partir deles. Mas com o tempo dá para acostumar e você acaba fazendo bons amigos.

 

Festividades

A cultura é também um ponto pitoresco.  Um tanto parecida com a dos EUA. Entre suas festas principais estão o Halloween, o Natal e Victoria Day. Veja abaixo um pouco de cada uma delas:

Halloween

No famoso Halloween, o legal é visitar uma fazenda de abóboras. Isso é uma tradição que você pode experimentar durante seu intercâmbio no Canadá.

Durante o Halloween, essas fazendas preparam-se especialmente para receber as pessoas. Oferecem várias diversões, como: casas assombradas, cidadelas fantasmas, mini zoos, passeios em trenzinhos loucos (Crazy train), labirintos, entre outras.

O “barato” é participar das brincadeiras e visitar a plantação para escolher uma abóbora. Aí você pode recortar sua caveira de Halloween igualzinho o pessoal faz nos filmes!

Christmas

O Natal é especial. É comemorado com muitos eventos que se iniciam logo em novembro.  As comemorações, com decorações especiais repletas de luzes, despertam para a magia dessa época.

Um dos costumes legais é o uso do christmas stockings. Trata-se daquelas coloridas e lindas meias de Natal que são penduradas na lareira. É pendurada uma para cada pessoa. Ali são colocados pequenos mimos. No dia 25, elas são abertas logo depois de um delicioso café da manhã familiar. E assim todos recebem presentinhos. Não são caros, mas significativos.

Aliás, essa é uma boa dica para quem pretende partir para um intercâmbio no Canadá e hospedar-se com uma “host family”, um dos tipos de acomodação para intercâmbio. Nesse caso, fica fácil oferecer uma lembrancinha para cada um da família, sem gastar muito!

Victory Day

Esse é um feriado comemorativo em honra ao aniversário da Rainha Victoria. Ocorre no mês de maio. É comemorado com desfiles, fogos e outros atrativos.

Canada Day

Comemorado em todo o pais. É o dia em que foi assinado o Ato Constitucional que juntou as colônias britânicas de antes, que formaram o território do Canadá. A festa ocorre em 1º de julho. Nesse dia há fogos, desfiles e atividades livres.

Essas que comentamos são as principais festividades, mas as festas não param por ai. Ainda tem o Dia de Ação de Graças — “Thanksgiving” — e o Dia da família — “Family Day”.

Cada cidade tem também suas festivas datas especificas. Festivais bacanas e atividades culturais acontecem em Ottawa, Vancouver, Calgary, Montreal, Toronto, entre tantos. Outra particularidade desse povo é a predileção por atividades livres. Adoram esportes. Gostam de usufruir dos parques, campos e praia. Também aproveitam o quanto podem, o sol. Talvez na tentativa de compensar os meses e meses de frio intenso.

 

Comida canadense

Uma preocupação dos intercambistas é comer fora de seu país. A boa notícia é que, apesar das tradições distintas, o Canadá é multicultural. Acolhe muitas culturas, especialmente na cozinha. Sendo assim, é bem provável que você consiga encontrar alguns petiscos de sua terra natal.

Um costume que pode ser estranho, para quem é do Brasil, é o fato de que ninguém tem aquela sagrada hora de almoçar. O almoço é apenas um “lunch”. Eles comem rapidamente lanches que trazem de casa. Para eles as refeições fundamentais são o café da manhã — “breakfast” — e o jantar — “dinner”.

Nas famílias mais tradicionais, esse último é servido entre as 17 e 18 horas. Mas não volte para o Brasil sem experimentar as comidas típicas canadenses. Dê só uma olhada:

  • Xarope de Maple: é um xarope retirado da Maple Tree (árvore cuja folha é símbolo do país);
  • Sanduíche com bacon canadense;
  • Poutine: esse prato é feito com batata frita + queijo em cubinhos e molho. Delicioso e calórico (depois você malha!);
  • Bagels: não deixe de provar! Trata-se de pãezinhos muito consumidos. Eles são típicos da terra canadense. Podem ser recheados com salmão defumado, queijo chocolate, creme, etc.

intercâmbio no Canadá - estilo das estradas

 

Belezas naturais e arquitetônicas

O Canadá é repleto de belezas naturais deslumbrantes. Só pra começar, podemos citar locais como as montanhas de Whitles, as cataratas do Niágara e o Stanley Park.

Estando por lá você também poderá conhecer Toronto, cidade que ostenta a incrível arquitetura vitoriana. Um exemplo é a área onde encontra-se a desativada destilaria Gooderham & Worts, usada por um bom tempo como cenário de filmes famosos, como X-Men.

Atualmente transformou-se em área de lazer e cultura, denominada Distillery District. Ali encontram-se obras de arte impressionantes, de grandes dimensões, assinadas por famosos escultores. Diariamente aberta à visitação, a área também conta com cafés, restaurantes, lojas e galerias.

 

Outros pontos turísticos encantadores no CAnadá:

  • Nathan Philips Square, onde fica a prefeitura de Toronto;
  • A Basílica de Notre Dame, em Montreal;
  • Montanhas nevadas, pinheiros e lagos azuis no estado de Alberta;
  • Rocky Mountain: montanhas rochosas que são parte de uma cordilheira. Patrimônio da humanidade, conforme a Unesco;
  • Lake Louise, no Parque Nacional de Banff, localizado em Alberta. Aqui a paz e a beleza se fundem. Não dá pra não curtir;
  • Niagara Falls, a fabulosa queda d’agua e a maior catarata da América do Norte;
  • Entre muitos outros pontos turísticos merecem uma visita durante seu intercâmbio no Canadá.

 

O preço de morar no Canadá

Apesar da moeda canadense ser mais barata que o dólar americano, ainda assim o custo de vida absoluto é alto. Contudo, isso é relativo, já que a qualidade de vida e as oportunidades profissionais acabam compensando os gastos mais elevados.

Para você ter uma noção, dê uma olhadinha na tabela de valores mensais abaixo:

O preço de viver no Canadá (média de valores mensais em CAD – dólar canadense)
Aluguel Em torno de $1.000,00
Telefone / Internet $100,00
Transporte $100,00
Alimentação $500,00

Valores aproximados. Fonte: http://goo.gl/Jwx7e5

 

Principais cidades para intercâmbio

Agora que você tem muitas informações sobre intercâmbio no Canadá, falta apenas escolher a cidade para onde deseja ir. A escolha é difícil, mas aí estão as principais:

Principais cidades para intercâmbio
Ottawa – Capital do Canadá
Montreal
Vancouver
Calgary
Toronto
Victoria
Halifax
Quebec City
Whistler

intercâmbio no Canadá paisagem

 

Concluindo: o que esperar de um intercâmbio no Canadá

Sem dúvida, um intercâmbio no Canadá tem tudo para ser uma experiência transformadora. Não só pela qualidade da educação e pelo estilo de vida do país, mas também pela oportunidade única de viver a fundo uma cultura nova e diferente.

Agora você está bem informado, mas… Sempre pode melhorar!

Queremos fazer um convite a você. Cadastre-se na nossa lista de e-mails e receba 8 aulas gratuitas sobre como planejar seu intercâmbio.

É superfácil. Basta acessar o link www.nosnagringa.com.br/cadastre-se e colocar seu e-mail! Nos vemos por lá. 😉

 

Intercambista, produtor de conteúdo e viajante compulsivo. Faz planos para o futuro diariamente e muda de ideia com a mesma frequência. Depois de morar fora, percebeu que ser tímido não é barreira para nada.